Notícias

Origem Sustentável será apresentado na Universidade de Cambridge

Um dos principais projetos de sustentabilidade do país, e o único setorial brasileiro, o selo Origem Sustentável foi selecionado pelo World Congress on Sustainable Technologies, na Universidade de Cambridge, onde será apresentado como case de sucesso e exemplo de sustentabilidade. O evento acontece entre os dias 10 e 13 de dezembro. 
 
“Estamos muito contentes em poder levar o Origem Sustentável para um congresso tão relevante e voltado ao tema em parâmetros mundiais. Além do reconhecimento pela importância do projeto, poderemos ampliar a visibilidade para as próprias empresas que participam do Selo – gerando ainda mais reconhecimento e visibilidade e atestando que as empresas do programa estão dentro dos padrões internacionais de sustentabilidade”, comenta Linda Pienis, coordenadora de Projetos de Inovação do Instituto by Brasil (IBB).

O Programa Origem Sustentável foi lançado no mercado brasileiro em 2013, pela Assintecal, Abicalçados e o Instituto by Brasil (IBB). Desenvolvido para certificar empresas brasileiras da cadeia produtiva do calçado que incorporam a sustentabilidade em seus processos produtivos, todo o processo para a certificação segue indicadores distribuídos em quatro pilares: econômico, ambiental, social e cultural. O projeto é apoiado pelo Sebrae sob a coordenação da professora Tereza Cristina Carvalho, do Laboratório de Sustentabilidade da USP (Lassu).

Ao todo são 52 indicadores que permitem que as empresas vão subindo as categorias do selo (bronze, prata, ouro e diamante), e garantindo a excelência de todos os processos, auditados pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e SGS  Certificadora Ltda. 

O programa de certificação garante que as empresas tenham um melhor engajamento em relação ao tema, e resulte na ampliação das oportunidades da Cadeia de Calçados no mercado interno e de exportação para países que possuem regulamentação orientada à aquisição de produtos sustentáveis. Outro benefício do selo é a garantia de alinhamento da indústria de componentes e de calçados brasileira com os padrões de sustentabilidade do mercado internacional, como WRAP (Worldwide Responsible Accredited Production), Higg Index, GRI (Global Reporting Initiative) entre outros selos que atestam os padrões internacionais.

Já são 142 empresas no programa, sendo 16  de calçados e 112  fabricantes de insumos e componentes para o calçado.  Entre elas, importantes marcas do setor e tradicionais exportadores de calçados e seus componentes, como a Calçados Bibi Ltda., Cipatex Impregnadora de Papéis e Tecidos Ltda., A Grins S.A. (marca Piccadilly), Ober S/A Indústria e Comércio,  Polibox Ind. de Adesivos Ltda e  Killing S/A Tintas e Adesivos. O selo Origem Sustentável abrange empresas de todos os portes e níveis de produção sustentáveis.

Mais informações no site  .

 

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Assintecal