Notícias

Cadeia calçadista unida em busca de soluções

Com o objetivo de entender as demandas latentes do complexo coureiro-calçadista e elaborar um plano de ação para os próximos anos, foi iniciado, ontem (9), o planejamento estratégico do setor, em encontro realizado na sede da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), em Novo Hamburgo/RS. O trabalho tem relação com o Future Footwear, programa lançado em agosto passado com o objetivo de aumentar a competitividade e a rentabilidade das empresas de couro, máquinas e equipamentos, componentes e calçados.

A empresa responsável pelo trabalho, NovoCiclo Empresarial, é de Belo Horizonte/MG e foi contratada através de um edital do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O prazo para encerramento do planejamento está marcado para junho deste ano. Até esta data, a consultoria deverá contatar empresários de todos os elos da cadeia produtiva, além de entidades setoriais e órgãos de governo.

Dinâmica
A dinâmica apresentada consistiu na formação de quatro grupos formados por representantes de diferentes entidades para a discussão de quatro temas principais: Mercado e Tendências; Eficiência Operacional; Tecnologia, Design e Gestão; e Ambiente de Negócios. Do brainstorm proposto, surgiram ideias diversas que serão utilizadas na formação do planejamento estratégico. “O nosso objetivo é reunir subsídios para analisar as tendências e oportunidades do mercado calçadista, validando os mesmos com as entidades realizadoras do projeto”, explicou a consultora Marcela Castro.
 
União de esforços
O presidente-executivo da Abicalçados, Heitor Klein, destaca a união das entidades da cadeia coureiro-calçadista, que estão trabalhando colaborativamente pela competitividade do setor. “A cocriação é uma via de várias mãos e as empresas, não somente do segmento calçadista, mas de toda a cadeia de suprimentos e inclusive de outros setores, estão compreendendo isso”, avalia o executivo. 

Participaram do encontro na Abicalçados, representantes da entidade calçadista anfitriã; da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal); da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos para os setores do Couro, Calçados e Afins (Abrameq); do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB); do Centro de Inovação (CITEC); da Associação Sul-Riograndense de Apoio ao Desenvolvimento de Software (Softsul); da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (FIERGS); da Prefeitura Municipal de Novo Hamburgo; da PUCRS; do Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefato (IBTeC); do Polo de Tecnologia da Informação da Serra Gaúcha (Trinopolo); e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).