Abinforma

Brazilian Footwear lança projeto para vender produtos na China

Visando gerar negócios diretamente com o gigante mercado chinês, a Abicalçados, por meio do Brazilian Footwear, lançou um projeto de crossborder e-commerce B2C, ou seja, venda internacional via comércio eletrônico, da fábrica diretamente para o consumidor final chinês. O objetivo da iniciativa é englobar marcas de diferentes segmentos que desejam ter uma porta de entrada naquele mercado por meio do comércio eletrônico. 

A analista de Promoção Comercial da entidade, Ruísa Scheffel, destaca que, para tanto, está sendo desenvolvida uma loja multimarcas brasileira dentro do aplicativo Little Red Book. A plataforma, que é semelhante ao Pinterest e Instagram e permite que os usuários façam compras através das lojas oficiais dentro do próprio aplicativo, reúne um grande mix de produtos importados de moda, beleza e turismo. A loja leva a bandeira do Brazilian Footwear e conta com a Bibi neste momento de estruturação da operação, que exige comprometimento e investimentos para viabilizar o projeto. Além da Bibi, está em negociação a entrada de outras cinco marcas no projeto.

“Desde 2016, notamos que a China está muito avançada em relação a outros mercados nas negociações via comércio eletrônico e identificamos neste segmento oportunidades para o calçado brasileiro. Este formato de negócios (crossborder e-commerce), já consolidado no país, permite que as marcas entrem no mercado sem a necessidade de um intermediário, dando a elas total autonomia nas suas ações e investimentos, possibilitando um feedback muito mais rápido acerca da aceitação da coleção junto ao consumidor final”, avalia Ruísa. 

A Abicalçados, por meio do Brazilian Footwear, tem promovido ações na China desde 2009, ano em que foi realizado um estudo daquele mercado. “Há nove anos, quando iniciamos os trabalhos, as exportações brasileiras para lá eram pouco mais de 125 mil pares. No ano passado o registro pulou para 1,5 milhão de pares. É um mercado difícil, mas de muito potencial”, ressalta Ruisa. 

A China é o maior mercado consumidor de calçados do mundo, com quase 4 bilhões de pares de calçados consumidos anualmente (cerca de 25% do consumo mundial).  Mais informações sobre o projeto pelo e-mail ruisa@abicalcados.com.br.