Abinforma Notícias

[ BRAZILIAN FOOTWEAR ] FN Platform deve gerar mais de US$ 6 milhões para calçadistas

A maior feira de calçados dos Estados Unidos, a FN Platform, realizada entre 14 e 16 de agosto, em Las Vegas, deve gerar US$ 6,3 milhões em negócios decorrentes da participação de 31 marcas brasileiras. O número consta no relatório da Abicalçados, que por meio do Brazilian Footwear, programa de apoio às exportações de calçados mantido em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), viabilizou a ação.

A coordenadora de Promoção Comercial da Abicalçados, Letícia Sperb Masselli, conta que, in loco, foram comercializados 160 mil pares que geraram US$ 2 milhões, 35% mais do que na feira do ano passado.  Para Letícia, os resultados acima dos da edição de agosto de 2016 mostram um amadurecimento das marcas brasileiras no mercado norte-americano. “Apesar da queda nas exportações dos calçados brasileiros para os Estados Unidos (de 7,7% de janeiro a julho no comparativo com igual período de 2016) este ainda é o principal destino dos nossos embarques. O resultado positivo na feira demonstra que, com persistência, as marcas que seguem investindo estão colhendo resultados cada vez mais expressivos”, destaca a coordenadora, acrescentando que  nos dias 17 e 18 a equipe da Abicalçados realizou uma agenda em Nova Iorque com o intuito de prospectar novas oportunidades de inserção das marcas brasileiras no país.

Resultados
Depois de cinco anos, a Werner retornou para a FN Platform já com ótimos resultados. A empresa conseguiu reabrir o mercado da Arábia Saudita com marca própria e fez contatos importantes nos Estados Unidos, tanto com butiques quanto com grandes lojas de departamento. “A feira nos deu a oportunidade de retomar contatos e apresentar a nossa marca nesse mercado”, avalia Isaque Weber, gerente de exportação da Werner.
Em sua terceira edição na mostra, a Klin saiu satisfeita com os resultados. De acordo com Leandro Camargo, gerente de exportação da marca, a movimentação foi maior nessa edição. “Recebemos compradores de diferentes países, como Filipinas, Japão e Canadá, e vemos isso com bons olhos”, conta.

Mercado
Segundo maior mercado mundial do setor de calçados, com mais de 2,4 bilhões de pares consumidos no ano passado, os Estados Unidos são o principal destino do produto brasileiro desde os primeiros embarques. No ano passado, os varejistas norte-americanos compraram US$ 221 milhões em calçados brasileiros, 15% mais do que em 2015.

Participaram da FN Platform as marcas Rider, Grendha, Zaxy, Cartago, Ipanema, Anatomic & Co, Moema, Schutz, Pampili, Boaonda, Shoetherapy, Carrano, Malu, Território Nacional, Vicenza, Guilhermina, Sollu, Klin, Freeway Easywear, Kidy, Bibi, Piccadilly, So.Si, Capelli Rossi, Bottero, Verofatto, Viviar Shoes, Werner, Amazonas, Lynd e Opananken Antistress.